Polícia Civil e GCM realizam operação

Ação em Suzano começou às 16 horas de ontem
Ação em Suzano começou às 16 horas de ontem - FOTO: Juliana Oliveira
Polícia Civil e Guarda Civil Municipal (GCM) somaram forças para colocar em prática a Operação "Cidade Segura", em Suzano. Participaram 95 agentes da polícia e seis GCMs. A força-tarefa começou às 16 horas de ontem e o grupo se encontrou no Largo da Feira.

O delegado Alexandre Cavalca esteve à frente da operação e contou como funciona a Cidade Segura. "Faremos um policiamento preventivo. Foram mapeadas áreas de ocorrência na cidade e já temos o pessoal dividido por setor para buscar a diminuição dos índices criminais, além do cumprimento de mandados de prisão".

Cavalca revelou que os agentes foram distribuídos de maneira uniforme, mas alguns pontos terão mais atenção. "Eu vou me dirigir para o bairro Miguel Badra, onde temos um índice muito alto de crimes. O distrito de Palmeiras também receberá uma atenção especial, além do centro".

Minutos depois do início dos trabalhos, a Polícia Civil e a GCM já haviam localizados fios de cobres e carros furtados, além de procurados pela Justiça e prisão de traficantes. O chefe de gabinete do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR), Afrânio Evaristo Silva, que esteve no Largo da Feira representando o republicano, também falou com a reportagem. "Suzano, infelizmente, apresentou um índice de criminalidade elevado nos últimos anos e buscamos essa parceria para reduzir esses índices". Ainda hoje deverá ser divulgado todo o resultado da Operação Cidade Segura. (F.M.)

Deixe uma resposta

Comentários