Polícia vai investigar duas mortes suspeitas ocorridas em Itaquá

A Delegacia Central de Itaquaquecetuba registrou ontem duas comunicações de óbito em circunstâncias que ainda serão esclarecidas. Em um dos casos, Robson Carelli, de 33 anos, morreu por volta das 10h10 de ontem no Hospital Santa Marcelina, onde estava internado.

Segundo apurou a equipe de reportagem do Grupo Mogi News, Carelli morreu em decorrência de politraumatismos ao ter sido atropelado por um trem. A data do fato não foi informada.

Por causa do acidente, a vítima sofreu fraturas e trauma crânioencefálico, tendo sido socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até a unidade hospitalar. No entanto, não resistiu aos ferimentos.

Outra morte registrada em hospital da cidade foi a de Sergio Candido Martins, 49, que também estava internado depois de sofrer queimaduras em um cômodo fechado, conforme relato expresso na Guia de Encaminhamento do IML. Ele teria sofrido o incidente no próprio local onde morava. A Polícia Civil requisitou exame necroscópico para ambas as vítimas, como de praxe. (C.I.)  

Deixe uma resposta

Comentários