Garçonete é morta durante assalto

Daiane dos Santos de Almeida, de 30 anos, foi encontrada desacordada anteontem
Daiane dos Santos de Almeida, de 30 anos, foi encontrada desacordada anteontem - FOTO: Divulgação
Uma tentativa de roubo pela rua Professor Roberto David, no bairro Jardim São Luiz, em Suzano, terminou com a morte da garçonete Daiane dos Santos de Almeida, de 30 anos, no começo da noite de anteontem. De acordo com informações passadas à reportagem pelas Policiais Civil e Militar, a mulher foi encontrada desacordada em casa, com vários hematomas pelo corpo.

A mãe da vítima foi a primeira pessoa a perceber o que havia ocorrido. Daiane estava caída no chão da casa, inconsciente, e foi levada para o Pronto Socorro municipal de Suzano pela família, onde a morte dela foi constatada. A PM foi acionada e foi até o local do atendimento para conversar com os parentes da vítima, a fim de buscar informações que pudessem levar até o suspeito.

Já no dia de ontem, durante investigação efetuada pela Delegacia Central, policiais civis conseguiram localizar dois homens suspeitos de cometer o crime. Segundo os agentes, os indivíduos revelaram que entraram na casa da vítima depois de ter consumido crack e bebidas alcoólicas. A intenção era roubar a garçonete. Um dos suspeitos revelou, em depoimento informal aos agentes, que entrou na imóvel, mas desistiu do crime depois de ver que o comparsa estava indo para o quarto de Daiane.

O comparsa nega essa acusação e disse que foi o primeiro quem entrou no quarto da vítima. Ainda não há a confirmação oficial do que teria ocorrido no quarto da garçonete, entretanto um dos suspeitos estava com a mão enfaixada, porém este alegou que havia sido atropelado por um automóvel. Apuração feita pela reportagem apontou que a vítima teria morrido estrangulada. Uma blusa foi encontrada na cena do crime. A prisão dos dois suspeitos deve ser emitida pela Justiça Criminal de Suzano ainda hoje. (F.M.)

Deixe uma resposta

Comentários