Suzano expõe obras do artista Maurício Chaer

Chaer trabalha com formas, cores e texturas diferentes, que beiram a abstração
Chaer trabalha com formas, cores e texturas diferentes, que beiram a abstração - FOTO: Mauricio Sordilli
Quem passar pela Prefeitura de Suzano-SP poderá conferir, gratuitamente, uma exposição do artista plástico Maurício Chaer. As esculturas, instaladas na entrada do Paço Municipal "Firmino José da Costa" (rua Baruel, 501, no centro), poderão ser apreciadas até o dia 30 de abril. Confeccionadas em ferro e cimento e com acabamento em pastilhas vidrotil, cinco peças compõem a mostra. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Cultura.

Conhecido pelas formas abstratas e cores que empregam as suas peças, Chaer decora espaços públicos com obras contemporâneas que têm a proposta de se desprenderem da realidade. Segundo o artista plástico, a exposição na Prefeitura de Suzano, cimento e ferro são produtos que têm resistência às mudanças climáticas e, por isso, são bem aceitas em suas esculturas. "A arte pública, quando confeccionada com cimento e ferro, não tem limite de tamanho. Busco por peças com formas, cores e texturas diferentes, que beiram a abstração. Procuro trabalhar com elementos do mosaico. Inclusive, faço arranjos com objetos e que ressaltam a estética", explicou.

Entre as obras expostas em Suzano, estão as peças "Mogi das Cruzes", alusiva à cidade vizinha; "Ponteiro", que refere-se a um indicador de relógio; "Banco-Escultura", que propõe a interação entre a obra de arte e o público; e "Espelho" - escultura trabalhada com pedaços de espelhos combinados com pastilhas coloridas que, segundo Chaer, oferecem um efeito de interatividade e que levam à reflexão.

"As peças que estão em frente à Prefeitura de Suzano e são os meus últimos trabalhos. Levei cerca de um mês na criação de cada uma. Após esta leva de produção, passei a expor as peças em locais públicos. Costumo dizer que estas esculturas têm os seus significados, levando-nos à reflexão", define o artista plástico.

De acordo com o secretário municipal de Cultura, Geraldo Garippo, a exposição ao ar livre de Maurício Chaer simboliza o início de uma nova fase para os artistas plásticos de Suzano, com direito ao acesso democratizado das artes plásticas para a população. "Agradeço ao Maurício Chaer por ceder as suas peças temporariamente para apreciação dos suzanenses. Cada escultura tem um significado e uma representação. Convido a todos a prestigiá-las", reitera.