'Meu trabalho é exaustivo, mas não é escravo', diz Gilmar Mendes

Gilmar Mendes
Gilmar Mendes - FOTO: José Cruz/Agência Brasil
Em meio à polêmica sobre a portaria que modifica as regras de combate ao trabalho escravo, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, disse ontem, que o tema é polêmico, mas que deve ser tratado sem partidarizações ou ideologizações: "Eu, por exemplo, acho que me submeto a um trabalho exaustivo, mas com prazer. Eu não acho que faço trabalho escravo. É preciso que haja condições objetivas e que esse tema não seja ideologizado". (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários