Moro manda prender ex-gerente da Petrobras na Operação Lava Jato

Ao mandar prender o ex-gerente executivo da área Internacional da Petrobras, Luis Carlos Moreira, alvo de nova etapa da Operação Lava Jato, ontem, o juiz federal Sérgio Moro viu "boa prova de materialidade e autoria" e também "riscos à ordem pública e à aplicação da lei penal". A captura do ex-gerente havia sido requerida pelo Ministério Público Federal, no Paraná, em alegações finais. Ontem, Moro condenou Moreira a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem. Na sentença, ordenou a prisão do ex-gerente.

Deixe uma resposta

Comentários