Sessão solene celebrará hoje o 'Dia do Leonismo'

A Câmara de Suzano fará hoje uma sessão solene em homenagem ao "Dia do Leonismo". A atividade começa, às 19 horas, no Palácio Deputado José de Souza Candido, localizado na rua dos Três Poderes, 65, no centro. A data foi instituída pela Lei nº 85/2016, de autoria da então vereadora Abigail Maria do Carmo, e deve ser comemorada anualmente com sessão solene, no dia 10 de outubro.

A Lei tem como objetivo reconhecer e valorizar o trabalho desenvolvido pela organização Lions Clube, fundada por Melvin Jones e voltada principalmente para serviços humanitários. Seus membros são associados aos Clubes espalhados pelo mundo. Na sessão, será entregue diploma de honra ao mérito aos associados, integrantes e parceiros do Lions Clube de Suzano que se destacaram em suas atividades durante o ano leonístico. A indicação dos integrantes será feita pelos associados do Clube.

O Lions Clube foi fundado nos Estados Unidos em 1917, mas só chegou ao Brasil em 1952. Em Suzano, foi instalado em 1967. Sua primeira campanha foi a vacinação gratuita de cães contra a raiva, a primeira do tipo a ser realizada no município. Além disso, a associação também trabalhou na recuperação de presos, com foco no bem estar das famílias dos detentos. Atualmente, são feitas ações sociais em pontos estratégicos da cidade, como aqueles desprovidos de assistência. São oferecidos serviços na área da saúde, orientação jurídica e à mulher vitima de violência, entre outras atividades.

Mogi

Na sessão ordinária da última terça-feira, os vereadores aprovaram o Projeto de Decreto Legislativo 22/2017, de autoria do vereador Antonio Lino (PSD), que instaura a comemoração anual do Dia Internacional do Lions Clube. A celebração se dará nos meses de outubro em sessões solenes designadas pelo Poder Legislativo.

"Eu quero agradecer aos nobres pares pela aprovação desta propositura. O clube presta importantes serviços no mundo inteiro e está completando cem anos de atividades em 2017, com trabalhos filantrópicos voltados às pessoas carentes de vários países", ressaltou o vereador.

Deixe uma resposta

Comentários