Marcus Melo leva demandas a Doria e Alckmin em São Paulo

O prefeito Marcus Melo (PSDB) esteve ontem à tarde no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, onde se encontrou com o governador Geraldo Alckmin e com o prefeito de São Paulo, João Doria. Eles discutiram soluções para as cidades em áreas como mobilidade urbana e gestão. Melo também encaminhou ao Governo do Estado uma série de solicitações para Mogi das Cruzes, que foram entregues ao secretário-chefe da Casa Civil, Samuel Moreira.

"Foi uma reunião muito produtiva, conversei com o governador Alckmin e com o prefeito Doria sobre assuntos que preocupam os administradores públicos e sobretudo sobre soluções para questões que são comuns a todos os municípios. Aproveitei para encaminhar algumas demandas de Mogi das Cruzes, pois temos uma parceria muito próxima com o governo paulista e queremos ampliá-la gradativamente", frisou o prefeito.

Entre os pedidos solicitados, três se encaixam na área de desenvolvimento da mobilidade urbana. Dois consistem em interligações da via Perimetral - um deles entre as rodovias Mogi-Bertioga (SP-98) e Mogi-Salesópolis (SP-88), com extensão de 4,65 quilômetros, e outro entre as rodovias Mogi-Salesópolis (SP-88) e Mogi-Guararema (SP-66), este com 7,35 quilômetros. Os dois trechos são os que faltam para a complementação do anel viário de Mogi das Cruzes.

A terceira demanda são as obras de duplicação das estradas Evangelho Pleno e da Volta Fria, para a interligação Mogi-Bertioga e da Mogi-Dutra com o Rodoanel Metropolitano. "São trechos importantes que, quando estiverem concluídos, permitirão um ganho significativo no deslocamento de veículos, ônibus e caminhões", apontou o prefeito, que esteve em São Paulo ao lado do vereador Antonio Lino.

Na área de desenvolvimento da rede de transporte, o prefeito mogiano reforçou ao Governo do Estado o compromisso de ampliação e modernização das estações ferroviárias de Jundiapeba, Braz Cubas, Mogi das Cruzes e Estudantes. Na semana passada, Melo esteve reunido com o presidente da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), Paulo de Magalhães Bento Gonçalves, quando foram discutidos investimentos para a cidade e as obras da nova estação Mogi das Cruzes.

Vale lembrar que a nova estação faz parte dos investimentos previstos para a região central da cidade e será construída nas proximidades do Terminal Central. A estimativa é que sejam investidos cerca de R$ 80 milhões.

Centro e Taboão

O prefeito mogiano também apresentou ao Governo do Estado um projeto que dá continuidade ao trabalho de renovação urbana da área central de Mogi das Cruzes. O objetivo da proposta é estimular o acesso ao pedestre e ao transporte público, incentivando atividades comerciais, culturais, de turismo e de lazer. Finalmente, Melo levou ao Governo do Estado a necessidade de definição da Área Estratégica de Desenvolvimento Econômico e implantação de infraestrutura urbana no Distrito do Taboão. "Temos uma área estratégica e preparada para receber empresas, que é o Taboão. Queremos proporcionar a melhor estrutura possível para que os empreendedores tenham condições de investir", finalizou o prefeito.

Jundiapeba

O prefeito mogiano também aproveitou a visita ao Palácio dos Bandeirantes para assina emenda parlamentar apresentada pelo deputado estadual Marcos Damásio, que destina R$ 220 mil para obras de infraestrutura em Jundiapeba: "Trata-se de um recurso importante, a Prefeitura vem fazendo investimentos constantes no distrito e esta verba auxiliará neste trabalho", pontuou Melo.