Projeto para Maternidade Municipal é apresentado

Bezerra diz ser possível atuar além dos projetos
Bezerra diz ser possível atuar além dos projetos - FOTO: Mogi News
O prefeito Marcus Melo (PSDB) apresentou ao secretário da Casa Civil, Samuel Moreira, a proposta para construir uma Maternidade Municipal em Mogi. De acordo com o secretário de Saúde, Marcello Cusatis, essa é uma das grandes prioridades da área. A previsão é que a Prefeitura contrate uma empresa para realizar o projeto do hospital, mas ainda é necessária dotação orçamentária para fazer a contratação.

Cusatis informou que foi apresentado a Moreira três alternativas para equacionar a questão da maternidade. "Temos a ampliação da Santa Casa, que não é a mais ideal por se tratar de um prédio antigo, mas seria o mais rápido e barato. Apresentamos ainda a sugestão de ampliar o Hospital Municipal, que foi feito para ser expandido. Neste caso, ele já conta com uma UTI Adulta que podia ser usada pelas gestantes, tem laboratório e serviço de imagem. O lado ruim é que é um Pronto-Socorro Infantil, com a presença de gestantes, acabaria mudando o fluxo", disse.

A última opção seria a construção de um novo prédio. "Muito provavelmente vamos contratar um estudo para dar as opções de valores", explicou.

A nova maternidade poderia ser construída no local do Fórum de Brás Cubas, que voltará para a Prefeitura.

O vereador Francisco Moacir Bezerra de Melo Filho (PSB) defendeu que, caso a maternidade fique no Hospital Municipal, os casos mais complexos sejam encaminhados para a Santa Casa. (L.N.)

Deixe uma resposta

Comentários