Câmara aprova adiamento da votação do Plano Plurianual

Para Lisadro, decisão da câmara foi acertada em encerrar as duas comissões
Para Lisadro, decisão da câmara foi acertada em encerrar as duas comissões - FOTO: Ricardo Bittner/Câmara Suzano
A Câmara de Suzano adiou por 20 dias a votação do Plano Plurianual (PPA), prevista para a sessão da última quarta-feira. O vereador Lisandro Frederico (PSD) foi o parlamentar que solicitou essa alteração da data. No total, oito vereadores votaram a favor do adiamento e oito contra. O presidente do Legislativo, José Izaqueu Rangel (PSDB), o Zaqueu Rangel, através do voto de minerva (desempate), aprovou o pedido de Lisandro.

Foram contrários ao pedido de adiamento: Leandro Alves de Faria (PR), o Leandrinho; Max Eleno Benedito (PRP), o Max do Futebol; André Marcos de Abreu (DEM), o Pacola; Edirlei Junio Reis (PSD), o professor Edirlei; Antonio Rafael Morgado (PDT), o professor Toninho Morgado, Edimilson Tavares de Assis (PDT), o Pau no Gato; Rogério Gomes do Nascimento (PRP), o Rogério da Van, e Carlos José da Silva (PSDB), o Carlão da Limpeza.

Antes de fazer essa solicitação, Lisandro foi à Tribuna registrar o descontentamento com o teor do PPA apresentado pela Prefeitura. O PPA define as metas e prioridades da administração municipal para os próximos quatro anos e recebeu parecer favorável de todas as Comissões Permanentes. O texto traz diretrizes e ações a serem tomadas, como atenção à saúde mental e prevenção de doenças; proteção à criança e ao adolescente e grupos vulneráveis; rondas intensivas e monitoramento por câmeras; melhoria da qualidade do asfalto na cidade; ações preventivas à enchentes e alagamentos; iluminação pública eficiente para segurança na cidade; disposição de mais médicos nas unidades de atendimento de saúde; mais medicamentos; criação do Programa Municipal de Parcerias Público-Privadas (PPP), entre outros.

Esta é a segunda vez que o parlamentar critica a proposta do Executivo. "Foram realizadas reuniões para tratar a causa animal, que é uma questão de saúde pública, mas lamentavelmente nada do que foi proposto está no PPA", ressaltou Lisandro. "É um desrespeito o que aconteceu", argumentou.

O vereador professor Edirlei aproveitou o assunto para também criticar a Prefeitura de Suzano em relação ao Plano Diretor.

Deixe uma resposta

Comentários