Município se inscreve para receber Univesp

Pedido de vereador foi encaminhado ao governador
Pedido de vereador foi encaminhado ao governador - FOTO: Divulgação
A Prefeitura de Mogi das Cruzes se inscreveu para receber um polo da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp). A lista das cidades selecionadas para receber o serviço será divulgada no fim do mês. A informação é do vereador Francimário Vieira (PR), o Farofa. O parlamentar havia encaminhado uma moção ao governo do Estado solicitando a implantação do polo.

Para o republicano, a instalação de uma unidade da Univesp no município vai gerar oportunidade aos mogianos. "Isso é muito importante, pois é uma universidade pública. Em um momento de crise, a instalação de uma faculdade é fundamental. Os dados da Univesp mostram que 85% dos estudantes matriculados são da rede pública", ressaltou.

O vereador Antonio Lino da Silva (PSD) avaliou que a presença de uma universidade pública será essencial para a cidade. "Temos que abraçar e fazer esforços para que ela se instale. Temos duas universidades e quatro faculdades, mas o nível de escolaridade universitária de nossa cidade é baixo perto de municípios do mesmo porte. Vamos trabalhar para implantá-la e criar oportunidade para as pessoas entrem nas universidades", destacou.

Educação

O vereador Marcos Furlan (DEM) participou na terça-feira passada de uma reunião com o presidente da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), João Cury Neto, onde foram anunciadas verbas para reforma das escolas estaduais de Mogi. "São recursos para reforma de telhados, quadras e até de estrutura, como esgoto", disse.

Segundo Furlan, as obras já estão aprovadas para contratação nas escolas Paulo de Oliveira Mello (R$ 25 mil), Claudio Abraão (R$ 82 mil), Francisco de Souza Melo (R$ 129 mil), Iracema Brasil de Siqueira (R$ 82 mil), José Ribeiro Guimarães (R$ 116 mil) José Sanches Josende (R$ 119 mil) e Cid Boucault (R$ 869 mil). A FDE anunciou que outras escolas têm prioridade de reforma, nas quais Camilo Faustino de Mello (R$ 206 mil), Isaac Grinberg (R$ 129 mil), Firmino Ladeira (R$ 964 mil) e Isabel Ferreira da Silva Bleinha (R$ 100 mil). (L.N.)

Deixe uma resposta

Comentários