Atendimento pediátrico no 'Guido Guida' será encerrado

O Hospital Municipal "Guido Guida" deixará de oferecer o atendimento pediátrico devido à atual situação financeira de Poá. A informação foi confirmada pela Prefeitura ao Grupo Mogi News após moradores da cidade reclamarem, em uma rede social, que não estavam conseguindo atendimento para o filho.

A reportagem telefonou para o hospital para checar a informação e recebeu de um funcionário a explicação de que o atendimento estaria encerrado, devido à falta de médicos para essa especialidade, embora a administração municipal ainda não tivesse confirmado uma data para o fim das atividades nessa área.

Questionada, a Prefeitura de Poá revelou porque esse atendimento não será mais feito na unidade. "Vínhamos trabalhando com somente quatro pediatras, em sistema de escala de revezamento, atendendo em média 150 pacientes por dia. Esse revezamento estava gerando alto custo com o pagamento de horas extras para esses profissionais. Diante disso, foi decidido que os atendimentos pediátricos de urgência e emergência passarão a ser feitos pelos clínicos que estiverem de plantão".

O Executivo Municipal ainda destacou que os casos que não se enquadram nessa situação serão encaminhados para as Unidades Básicas de Saúde (UBSs). "Os casos de atendimento eletivo deverão ser realizados na Unidade de Saúde mais próxima da residência do paciente. Os profissionais pediatras, até então lotados no hospital, passarão a prestar serviços em unidades de saúde a definir".

Crise financeira

Com a nova legislação tributária do Imposto Sobre Serviço (ISS), que altera a forma como o tributo é arrecadado, é possível que o município perca, aproximadamente, R$ 100 milhões do orçamento anual. O próprio hospital, como um todo, corre o risco de fechar.

Em agosto, um abaixo-assinado foi entregue ao prefeito Gian Lopes (PR), pedindo a ajuda do governo do Estado para salvar a unidade.