Exportação de Mogi é a que mais cresce

Baixa no setor não ocorreu somente no Alto Tietê, outras regiões do Estado também tiveram resultado ruim
Baixa no setor não ocorreu somente no Alto Tietê, outras regiões do Estado também tiveram resultado ruim - FOTO: Salvador Scofano/Divulgação
Cresceu em 19,1% o valor das exportações feitas pelas cidades da região aos demais países no acumulado dos três trimestres, informou o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

De acordo com os dados, foram exportados, nos primeiros nove meses de 2017, mais de US$ 705 milhões, enquanto que no mesmo período de 2016 foram US$ 590 milhões.

Mogi das Cruzes foi a responsável pelo maior crescimento proporcional.

O ministério afirmou que o aumento conseguido pelos exportadores desse município foi de 25,1%, passando dos US$ 123 milhões vendidos nos três trimestres do ano passado para US$ 154 milhões no mesmo período deste ano.

Apesar da elevação, Suzano continua sendo o município da região que mais exporta.

O crescimento em termos proporcionais foi menor do que em Mogi, 22,7%, entretanto, o valor negociado com compradores estrangeiros é três vezes maior: US$ 464 milhões. No ano passado, nesse mesmo período, foram US$ 378 milhões negociados.

Itaquaquecetuba aparece na terceira posição em percentual de crescimento, mas em quarto em volume de dólares vendidos, atrás somente de Arujá.

Os dados do ministério apontam que Itaquá cresceu 9,46% nas negociações em relação ao ano passado, passando dos US$ 19,7 milhões para US$ 21,6 milhões.

Arujá, por sua vez, teve ligeira queda, menor do que 1%, e fechou os primeiros noves meses de 2017 com US$ 29 milhões exportados, muito parecido com o volume do ano passado (veja quadro).

Além de Arujá, outras duas cidades apresentaram queda, porém, de forma bem mais acentuada.

Poá caiu 23,8% na comparação com os períodos avaliados.

No ano passado foram US$ 21,9 milhões vendidos aos outros países, ao passo que em setembro último esse número ficou em US$ 16,7 milhões.

Santa Isabel é a cidade que possui o menor número de negociações com o exterior. Ainda assim, houve queda nas vendas na ordem 15,4%. Até setembro de 2016 foram US$ 1,62 milhões; já neste ano US$ 1,37 milhões.

Os municípios de Salesópolis e Biritiba Mirim não possuem registro de exportações.

VOLUME NEGOCIADO

Cidade Exportações em 2016 (US$) Exportações em 2017 (US$) Variação em %

Arujá 29.522,778 29.500,073 -0,08

Ferraz de Vasconcelos 8.800,188 9.993,785 13,5

Guararema 6.845,048 7.266,523 6,16

Itaquaquecetuba 19.769,659 21.639,798 9,46

Mogi das Cruzes 123.402,072 154.455,300 25,1

Poá 21.934,874 16.703,648 -23,8

Santa Isabel 1.626,470 1.375,639 -15,4

Suzano 378.682,595 464.925,480 22,7

Total 590.583,684 705.860,246 19,1

Fonte:  Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços

Deixe uma resposta

Comentários