Biritiba Mirim terá três cursos de EAD

Prefeito comemorou a conquista para os biritibanos
Prefeito comemorou a conquista para os biritibanos - FOTO: Divulgação
Por meio da Secretaria de Governo de Biritiba Mirim, que negociou diretamente com a direção da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), a administração comandada pelo prefeito Jarbas Ezequiel de Aguiar (PV), o Professor Jarbas, conseguiu a liberação de três cursos universitários de ensino a distância (EAD), para moradores do município.

Os cursos que serão implantados ainda vão ser definidos de acordo com estudo técnico realizado pelo órgão.

A expectativa é que as aulas iniciem no primeiro trimestre de 2018.

A Prefeitura de Biritiba já busca espaço físico para abrigar o polo ao qual a cidade terá direito, onde funcionarão os três cursos.

A quantidade de vagas em cada uma das disciplinas aplicadas na cidade, também será definida ainda.

Para ter direito a participar das aulas, os interessados passarão por processo seletivo, por meio de vestibular, assim como é feito para a escolha de alunos de outras universidades estaduais (Unesp, USP, e Unicamp). Os aprovados terão de frequentar atividades presenciais a cada 15 dias no polo biritibano e realizar as provas, no primeiro ano de curso.

A partir do segundo ano, a obrigatoriedade de presença será de uma vez ao mês e, no terceiro, comparecer nos dias de avaliações.

O prefeito Jarbas comemorou a conquista dos cursos universitários para a população da cidade e ressaltou a importância do estudo acadêmico na vida das pessoas. "Negociamos diretamente com a direção Univesp e conseguimos o polo para a cidade. É uma conquista significativa para Biritiba Mirim, tendo em vista que, principalmente nossos jovens, estão ingressando na universidade, e são obrigados a ir para cidades vizinhas para fazer faculdade", disse. "Esses cursos em modalidade EAD vão ajudar muito os alunos a ingressar na carreira acadêmica, que é fundamental para que, no futuro, o sucesso profissional deles seja garantido", finalizou o prefeito.

Deixe uma resposta

Comentários