Vereadores da região fiscalizam mamografia

Renatinho Se Ligue (PPS) visitou o Mais Mulher
Renatinho Se Ligue (PPS) visitou o Mais Mulher - FOTO: Divulgação
O vereador Lisandro Frederico (PSD) enviou uma série de requerimentos à administração municipal relacionada sobre a realização do exame de mamografia. O questionamento segue o tema deste mês, que é Outubro Rosa. Inclusive, durante as noites deste mês, a Câmara de Suzano está iluminada pela cor rosa. O Legislativo suzanense aderiu à campanha de prevenção ao câncer de mama.

As luzes são fruto de uma ação coordenada pelo vereador. Ele intermediou uma Parceria Público-Privada (PPP) entre a Casa de Leis e a empresa JNR Iluminação. Com esta união, a Câmara ficará iluminada também para o "Novembro Azul" e "Dezembro Vermelho".

Lisandro ressaltou que a instalação dos holofotes não gerou nenhum custo financeiro à Câmara. "Esta é uma prova de que as PPPs, quando bem geridas, podem trazer grandes benefícios ao município, como o de mobilizar o financiamento privado para que a administração municipal não precise usar recursos públicos, tão escassos", analisou. "A PPP, inclusive, é uma alternativa para a municipalidade criar parcerias e reduzir a fila para a mamografia, por exemplo", pontuou o vereador.

Nos documentos, o parlamentar fez várias perguntas, entre elas: quantas pessoas foram atendidas durante a campanha Outubro Rosa; quantos equipamentos a Prefeitura possui para a realização dos exames; onde estes equipamentos estão; se existe uma fila de espera para a realização da mamografia e, caso a resposta seja sim, qual o tempo médio desta espera. Além disso, Lisandro também pediu informações sobre a lista de espera na fila dos demais exames e em quanto tempo é emitido o resultado do procedimento.

Consertado

Após quase 6 meses fora de funcionamento, o único mamógrafo de Ferraz de Vasconcelos, instalado no "Mais Mulher", voltou a funcionar.

A manutenção foi realizada depois do vereador Renato Ramos de Souza (PPS), o Renatinho Se ligue, convocar o secretário de Saúde de Ferraz de Vasconcelos, Marco Aurélio Alves Feitosa, para prestar esclarecimentos a respeito do não funcionamento do aparelho e de outros problemas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) do município.

Segundo a enfermeira responsável pelo Mais Mulher, Valquíria Costa Tomaz, o equipamento estava paralisado, pois o centro médico estava sem dosímetro (aparelho que mede a radiação em que o radiologista está sendo exposto).

Ainda de acordo com a enfermeira, o aparelho teria chegado nesta quarta-feira e a unidade voltou a realizar os exames na tarde de ontem.

Renatinho Se ligue, que visitou o Mais Mulher após a chegada do equipamento, relatou ser uma realização importante para o município, porém, pequena diante dos problemas na Saúde da cidade. "É triste que a realização de coisas tão simples, como a troca de um aparelho que custa, aproximadamente, R$ 120 seja tão lenta. Mas, a volta do funcionamento do mamógrafo já é um avanço diante de tantas outras dificuldades que a saúde municipal enfrenta", relatou.

O Mais Mulher fica localizado na Rua das Américas, 43, no Sítio Paredão e os atendimentos acontecem de segunda a sexta das 8 às 17 horas.

Deixe uma resposta

Comentários