Premiação do 'Aprendi' lota o Cemforpe

Para prefeitura, metodologia fez diferença (acima, uma das ações do ano passado)
Para prefeitura, metodologia fez diferença (acima, uma das ações do ano passado) - FOTO: Ney Sarmento/PMMC
Pais, alunos e educadores lotaram o auditório do Cemforpe na tarde de ontem para a premiação dos 279 alunos que tiveram 100% de aproveitamento na Aprendi - Avaliação Municipal das Aprendizagens -, realizada no segundo semestre deste ano. O evento também homenageou estudantes que se destacaram em competições esportivas e educacionais.

O resultado positivo do filho Gustavo de Carvalho Oliveira, de 7 anos, da EM Profª Marlene Muniz Schimidt, na Vila Moraes, surpreendeu a mãe Elisabete de Carvalho. "Fiquei surpresa e feliz com o resultado que meu filho obteve na avaliação. É a primeira vez que ele faz e foi muito bem", disse.

Para Roseli Bueno Gouveia, mãe de João Pedro Gouveia de Paula Santos, de 9 anos, único premiado na EM Profª Heliana Mafra Machado de Castro, na Vila Cléo, a premiação irá estimular os alunos. "Achei que foi um incentivo importante para que as crianças continuem tendo, cada vez mais, interesse pelos estudos".

"A educação em Mogi das Cruzes avançou muito mas sempre podemos melhorar. A Aprendi nos faz descobrir quais cam inhos e ajustes precisamos fazer. Recebemos hoje nossos alunos nota 10, que peço que continuem estudando e se dedicando. Só temos um caminho para o desenvolvimento que é o da educação", disse o prefeito. A Aprendi foi aplicada nos dias 4 e 5 de outubro para 17.935 do 2º ao 5º ano do ensino fundamental nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Os resultados da avaliação auxiliarão no desenvolvimento de ações para aprimorar a qualidade de ensino oferecida aos estudantes. "Nosso objetivo foi premiar os bons alunos, parabenizar os pais e professores pelos resultados alcançados", disse a secretária municipal de Educação, Juliana Guedes. Mitch Almeida, responsável pela Aprendi, falou sobre a prova com os alunos.

A escola com maior número de alunos que receberão o certificado é a EM Verª Astréa Barral Nébias, de Nova Jundiapeba, com 44 alunos. O aluno Rodrigo Silva Almeida, aluno da unidade escolar, emocionou a todos. "Quando nossa diretora se aposentou, não tínhamos presente e ela pediu que fossemos bem na Aprendi e hoje estamos aqui", disse, fazendo uma homenagem para a ex-diretora, Maria Cristina Perpétuo.