Escola faz acolhimentos aos surdos

Escola Damásio Ferreira dos Santos é pioneira na inclusão de deficientes auditivos
Escola Damásio Ferreira dos Santos é pioneira na inclusão de deficientes auditivos FOTO:
A Escola Municipal Damásio Ferreira dos Santos, Vila Sol Nascente, reformou no início do ano letivo a metodologia de educação oferecida às crianças com deficiência auditiva. Desde 2017, a unidade conta com atendimento especializado para o ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras), aplicado a todos os alunos surdos e ouvintes. O conhecimento também é repassado a funcionários, professores, pais e responsáveis.

De acordo com o secretário de Educação de Suzano, Leandro Bassini, a escola é um polo de atendimento com uma perspectiva de inclusão. "A criança ganha identidade em meio a outros surdos, em conjunto", comenta.

Na unidade, todo aluno com deficiência auditiva recebe alfabetização em Libras primeiramente, para depois aprenderem a Língua Portuguesa, em horários alternados. O trabalho é desenvolvido por meio de uma assessoria especializada que oferece subsídios a todos os envolvidos. "Temos professores surdos entrando nas salas de alunos ouvintes para ensinar Libras e crianças surdas também aprendendo Libras", explica o secretário.

Atualmente, a escola conta com 420 alunos, sendo nove deles surdos, e 11 funcionários dedicados especialmente para este atendimento, dos quais três são servidores da unidade de ensino e oito funcionários da assessoria especializada. O objetivo da iniciativa é promover a interação e comunicação entre surdos e ouvintes. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone 4746-2944.

Deixe uma resposta

Comentários