Estudantes vão receber projeto Anjos da Guarda

Juliana quer cuidados
desde a primeira infância
Juliana quer cuidados desde a primeira infância - FOTO: Felipe Claro
Os alunos das escolas municipais e privadas de Mogi das Cruzes poderão contar, no mês que vem, com o projeto Anjos da Guarda, uma iniciativa do Executivo junto à Guarda Civil Municipal (GCM), a fim de orientar sobre temas de segurança e combate às drogas, por exemplo. A ação foi divulgada ontem à Imprensa pelo prefeito Marcus Melo (PSDB) e pela secretária de Educação, Juliana Guedes, durante a entrega de 15 novos veículos para a pasta.

O Anjos da Guarda está em fase de conclusão e contará com as secretarias de Educação e Segurança, além da participação de professores e interessados em colaborar. Com ele, os alunos poderão trabalhar aspectos como a questão emocional, social e bulliyng. "É um projeto que nós estamos desenvolvendo junto com a Educação e com a GCM. Pedi para que fosse desenvolvido algo nesse sentido com a preocupação do ponto de vista de preparar nossos alunos sobre temas de segurança e drogas", explicou Melo. Algumas instituições do município contam com o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), no entanto, de acordo com o prefeito, nem todos os estudantes conseguem ser contemplados com o programa, por isso a iniciativa do Anjos da Guarda.

A discussão da segurança nas escolas tomou proporção tamanha após o massacre ocorrido no último dia 13 na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, no qual dois ex-alunos abriram fogo em meio à instituição e mataram oito pessoas. "A questão não é a arma em si, mas sim o que leva o ser humano a fazer tal ato dentro de uma escola. Então, queremos saber o porquê dos adolescentes se sentirem excluídos, se estavam com algum problema fora da escola para ter essa atitude lá. A ideia é tratar o assunto desde a primeira infância com o Anjos da Guarda", justificou Juliana.

Frota e obras

A Secretaria de Educação recebeu ontem 15 novos veículos para comporem a frota e atender mais de 2 mil alunos por mês. De acordo com a pasta, foram investidos R$ 4.407.755,42 em três ônibus rodoviários, um micro-ônibus executivo, quatro vans, quatro automóveis, uma pick-up cabine dupla e dois micro-ônibus escolares. Os veículos atenderão alunos em projetos educacionais que necessitem de transporte para determinado equipamento da prefeitura para realizar atividades. "A chegada desses veículos vai permitir que as crianças tenham conhecimento fora das atividades dentro da escola, como projetos de música, esportes e conhecer atividades em outros municípios", ressaltou o prefeito.

Atualmente, quatro creches em modelo sustentável estão sendo construídas na cidade, sendo duas no distrito de Jundiapeba e uma no Mogi Moderno. Cada um dos equipamentos terá capacidade para 195 alunos. Já a unidade do Jardim Universo, será para 137 crianças. Além disso, há em construção o Cempre, também em Jundiapeba, que atenderá 840 alunos.

Deixe uma resposta

Comentários