Prefeitura esclarece entrega das cestas básicas em Arujá

Benefício será fornecido a quem se enquadrar no perfil
Benefício será fornecido a quem se enquadrar no perfil - FOTO: Divulgação/Arujá
A Secretaria de Assistência Social de Arujá esclarece que a concessão de cestas básicas nas unidades municipais é destinada apenas aos usuários da política de assistência social ou aos que se enquadram nos critérios necessários para receber o benefício.

Portanto, são falsas as mensagens compartilhadas por WhatsApp de que a Pasta estaria promovendo a distribuição de cestas básicas no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Parque Rodrigo Barreto. O excesso de pessoas na unidade só aumenta as chances de transmissão do coronavírus (Covid-19).

Tem circulado nas redes sociais uma tentativa de golpe prometendo a liberação de auxílio emergencial no valor de R$ 600 para quem fizer um cadastramento com dados pessoais. O link falso está sendo enviado a contas do WhatsApp e do Facebook.

A Prefeitura de Arujá reforçou a nota de esclarecimento emitida pelo Ministério da Cidadania e alerta que o recurso, destinado a trabalhadores informais e autônomos, ainda não está disponível para saque.

O projeto de lei - que prevê auxílio a quem não tem carteira assinada, não recebe assistência social e desistiu de procurar emprego - foi aprovado pelo Congresso Nacional e agora aguarda a sanção da Presidência da República.

Segundo o governo federal, a operacionalização dos pagamentos ainda está sendo definida. Todas as informações sobre o assunto devem ser acompanhadas nos canais oficiais do Ministério da Cidadania e nos veículos de imprensa. 

Deixe uma resposta

Comentários