Orçamento da União Europeia terá de se adaptar à crise

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, afirmou ontem que o Orçamento da União Europeia terá de se adaptar à crise gerada pela pandemia de coronavírus. "É hora de pensar fora da caixa", escreveu Michel em comunicado, após teleconferência com a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, a presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, e o presidente do Eurogrupo, Mário Centeno.

"Para impulsionar a economia europeia, teremos que usar todas as alavancas disponíveis, em nível nacional e europeu", disse Michel. O dirigente também afirmou que é necessário um plano de recuperação abrangente. "O único caminho a seguir é uma estratégia comum", frisou, após ressaltar que os líderes da UE estão "explorando diferentes caminhos para responder às consequências socioeconômicas da pandemia". (E.C.)