Europa acumula maior número de casos

Itália se prepara para entrar na fase 2 da epidemia
Itália se prepara para entrar na fase 2 da epidemia - FOTO: Divulgação
A Itália chegou ontem a 17.127 vítimas fatais da Covid-19, alta de 604 mortes em relação a anteontem. Segundo a Defesa Civil Italiana, 135.586 já foram infectadas pelo coronavírus no país. Autoridades italianas disseram à agência Ansa que estão preocupadas com as infecções em profissionais da saúde, uma vez que a morte entre médicos e enfermeiros está crescendo. De acordo com a Federação Nacional de Ordens Médicas da Itália, 94 médicos já morreram de Covid-19. Entre enfermeiros já há 6.594 infectados e 26 mortes, de acordo com dados da Federação Nacional das Ordens de Profissões de Enfermagem.

O país ainda tem o maior número de mortes por conta da Covid-19 em todo o mundo, mas na última semana tem registrado uma queda nos novos casos. Especialistas italianos têm reforçado a necessidade do isolamento social nos próximos dias como uma medida para garantir quedas mais expressivas de novos casos e novas mortes.

O governo da França informou 597 novas mortes em hospitais do país nas últimas 24 horas por conta da Covid-19. Em casas de repouso, foram mais 820 mortes atribuídas ao vírus. Com estes números, a França chegou ontem a 10.328 vítimas fatais da doença, em um universo de 79.167 casos confirmados.

Segundo país com mais casos confirmados de contaminação por coronavírus, a Espanha chegou aos 140 mil contaminados, informou o governo. Sobre os números de anteontem, houve aumento de 5.479 contaminados e de 743 mortos. As vítimas fatais da Covid-19 na Espanha são agora 13.798 pessoas.

No Reino Unido, onde o primeiro-ministro Boris Johnson continua internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em tratamento contra a Covid-19 (veja ao lado), o número de mortos chegou a 6.159, mais 786 em relação a anteontem. Os contaminados pelo coronavírus são agora 55.242 no Reino Unido, 3.684 a mais do que na segunda-feira. Segundo o jornal britânico The Guardian, analistas do Instituto para Métricas em Saúde e Avaliação de Seattle, nos Estados Unidos, preveem que o Reino Unido chegue a um pico de 3 mil mortos por dia em razão da Covid-19, com 66 mil mortos no total, em agosto deste ano.

Estados Unidos

O Estado americano de Nova York confirmou mais 731 mortes, o que fez o total de óbitos chegar a 5.489, informou ontem o governador Andrew Cuomo. Nos Estados Unidos como um todo, 12.064 pessoas já perderam a vida em decorrência do coronavírus e 374 mil pessoas foram infectadas, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças. De acordo com dados levantados pela Universidade Johns Hopkins, às 17h50 de ontem, o país tinha 386.800 infectados desde o começo da pandemia, dos quais 12.285 morreram. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários