Venezuela registra tumultos e saques a estabelecimentos comerciais

Saques a comércios da cidade de Cumanacoa, no norte da Venezuela, terminaram em violência na quarta-feira. Segundo o gabinete do autoproclamado presidente Juan Guaidó, ao menos sete pessoas ficaram feridas no tumulto. Uma delas foi baleada, informou ele. De acordo com o deputado Robert Alcalá, aliado de Guaidó, os saques começaram depois que comerciantes aumentaram os preços durante a manhã. O parlamentar ouviu relatos de que os moradores da cidade passam fome. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários