Arujá vai criar dez leitos e ampliar atendimento no PAM

A Prefeitura de Arujá anunciou anteontem um pacote de medidas emergenciais para enfrentar a pandemia do coronavírus (Covid-19). Estão previstas a criação de uma central de triagem, a implantação de dez leitos hospitalares intensivos no Pronto Atendimento (PA) Central e a ampliação do horário de funcionamento de 12 para 24 horas no Posto de Atendimento Médico (PAM) do Parque Rodrigo Barreto.

Com vigência de três meses, as novas providências incluem a contratação de médicos e enfermeiros e o reforço no estoque de insumos hospitalares. Todas as iniciativas estão em andamento e devem ter início na terça-feira. "Desde 14 de março temos trabalhado para que o vírus não se dissemine, mas precisamos contar com uma infraestrutura que dê suporte às pessoas que precisarão de atendimento", afirma o prefeito.

A Central de Triagem Covid-19 será instalada no prédio da Clínica Mais Vida, na rua Prudente de Morais, 176. No local, que contará com suporte médico e de enfermagem, os pacientes sintomáticos receberão o primeiro acolhimento, farão exames de imagem e, caso necessário, serão encaminhados para o atendimento de urgência, no PA.

Segundo a secretária de Saúde, Carmen Pellegrino, a implantação dos leitos hospitalares intensivos no PA Central, a ampliação do horário do PAM Barreto e a central de triagem serão viabilizados por meio da organização social ITDM, que administra as unidades municipais.

"Os possíveis pacientes que teremos ficarão em espaço isolado e serão monitorados durante toda a sua internação. É importante salientar que essa estrutura foi amplamente estudada e debatida entre os técnicos para oferecermos as melhores condições possíveis neste momento difícil", reforça.