Palco de festa

Quem imaginaria que a charmosa Avenida Cívica, em Mogi das Cruzes, seria palco de um dos mais importantes centros de retaguarda para ajuda ao controle de uma pandemia? Aos poucos, o que antes era um espaço de festa, conhecido e famoso por sua ampla área, está se tornando uma importante ferramenta para auxílio da saúde pública.

Isso porque a Prefeitura de Mogi começou na última quarta-feira a construção do hospital de campanha na via. Quem agora passa nas proximidades da avenida já percebe que a estrutura ganha forma e revela a importância que a administração municipal está dando ao tema.

Há a expectativa ainda que mais hospitais do tipo sejam construídos no Alto Tietê, como em Itaquaquecetuba, que possui condições para tal, segundo o governo do Estado. Ainda não há a confirmação se, de fato, haverá uma unidade similar em Itaquá.

Em Mogi, há menos de dois meses, a Avenida Cívica recebia as escolas de samba da cidade, enfeitada, com espaço para o público aproveitar a maior festa popular do país, o Carnaval. Hoje, uma equipe de funcionários ergue uma estrutura para 200 leitos, que serão destinados a pacientes leves, com sintomas iniciais da doença, ou pacientes em recuperação, com alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por exemplo. Além das enfermarias, a futura unidade contará com outros espaços, como recepção, triagem, área médica, embarque e desembarque de pacientes, vestiários, sanitários e armazenagem de medicamentos e insumos. Haverá infraestrutura para gases medicinais (vácuo, ar comprimido e oxigênio).

A ideia do Estado compartilhada pela administração mogiana é que a avenida tenha contato direto com os hospitais do município, em especial o Hospital Municipal que serve, durante do período da pandemia, como centro de referência para o tratamento da doença.

O equipamento é necessário neste momento e, ao que parece, a escolha da Avenida Cívica como local para instalação da unidade provisória de Saúde é válida.

A expectativa é que o palco de tantas memórias seja eficiente no controle da pandemia no município e que retorne o mais rápido possível a sediar a alegria aos mogianos.

Deixe uma resposta

Comentários