Mulher de 70 anos é a 3ª vítima da doença em Mogi

Mogi das Cruzes registrou ontem mais uma morte por coronavírus (Covid-19). A vítima, uma mulher de 70 anos, possuía histórico de diabetes e estava internada no Hospital Municipal de Braz Cubas, utilizado como centro de referência à patologia durante a pandemia.

Com a confirmação do falecimento, a cidade registra três mortes para a Covid-19 e atualmente é o município com mais óbitos por coronavírus na região. Mogi confirmou na última quinta-feira seu segundo óbito, o de uma mulher de 77 anos, com doença cardiovascular crônica, que estava internada desde o dia 28 de março, também no Hospital Municipal de Mogi. O outro caso registrado no município, no começo da semana passada, foi de um idoso de 69 anos, com histórico de doença cardiovascular, com hipertensão e diabetes mellitus.

A Prefeitura de Mogi ainda informou que 39 pessoas tiveram confirmações para a Covid-19, sendo que outros 105 ainda aguardam o resultado dos exames. Isso significa que da última sexta-feira para ontem, três casos a mais foram registrados no município.

Outras mortes

Além dos três casos de moradores de Mogi das Cruzes, o Alto Tietê possui outras três mortes confirmadas pela doença. Tratam-se de dois suzanenses e um arujaense que tiveram a confirmação na semana passada. Segundo informações fornecidas pela Vigilância Epidemiológica de Arujá, a paciente que faleceu tinha 70 anos e apresentava histórico de obesidade, diabetes e neoplasia maligna. Já o caso mais recente de Suzano diz respeito a uma mulher de 72 anos que também apresentava histórico de diabetes e doença cardiovascular. (F.A.)