Mogi tem quase 400 notificações suspeitas

Mogi das Cruzes já recebeu, pelo menos, 394 notificações suspeitas de Covid-19, sendo 53 casos confirmados positivos, dos quais cinco pessoas foram a óbito. A principal orientação da Secretaria Municipal de Saúde continua sendo o isolamento social para conter a circulação do vírus.

As vítimas fatais são três homens de 50, 69 e 74 anos e duas mulheres de 70 e 77 anos. Apenas o mais jovem não tinha registro de outras doenças pré-existentes.

O primeiro óbito ocorreu no dia 31 de março e a vítima foi um senhor de 69 anos com histórico de doença cardiovascular, hipertensão e diabetes e, no dia 2 de abril, faleceu uma senhora de 77 anos, portadora de doença cardiovascular crônica, ambos internados no Hospital Municipal, onde foi implantado o Centro de Referência para Coronavírus.

A terceira morte de um mogiano por Covid-19 ocorreu no dia 3 de abril e vitimou um homem de 50 anos, sem registro de outras doenças, que estava internado na capital, mas a confirmação chegou ontem. No dia 4 de abril foi a óbito uma mulher de 70 anos e no dia seguinte, 5, faleceu um senhor de 74. Os dois tinham comorbidades e estavam internados no Hospital Municipal.

Do total de casos confirmados, 27 pacientes conseguiram se recuperar, sendo que 14 estão totalmente curados e 13 tiveram alta hospitalar com orientação para isolamento e cuidado domiciliar. Já entre as notificações suspeitas, 230 foram descartadas (129 com resultados negativos e 101 sem necessidade de coleta) e 111 ainda aguardam resultados de exames comprobatórios.

A Organização Mundial de Saúde declarou pandemia mundial para coronavírus no início de março e, desde então, os casos e mortes da doença estão avançando em todo o mundo. Na cidade, diversas medidas estão sendo adotadas para conter o avanço dos casos e garantir atendimento eficiente para todos os pacientes que precisarem. "O isolamento social ainda é o melhor caminho. Ficar em casa é a nossa única vacina neste momento", afirma o secretário municipal de Saúde, Henrique Naufel.

Alerta

Os principais sintomas do coronavírus são tosse, febre alta e dificuldade para respirar. A conduta para casos suspeitos, em quadros leves e moderados, é o isolamento e acompanhamento do paciente. Em casos mais graves, a indicação é procurar um serviço de saúde. Para qualquer situação, a Prefeitura de Mogi das Cruzes mantém uma linha direta com profissionais de saúde pelo telefone 4798-5160.