Coronavírus dá trégua e região passa dia sem óbitos

Após dois dias com quatro mortes registradas em decorrência do novo coronavírus (Covid-19) no Alto Tietê, a região não confirmou óbitos ontem. Sem novos registros, o Alto Tietê continua com 12 mortes confirmadas da Covid-19.

Mogi das Cruzes e Suzano confirmaram na última quarta-feira três mortes causadas por coronavírus. Segundo informações da Prefeitura de Mogi, os dados são de uma mulher de 77 anos e uma outra de 42 anos, a mais nova da região a falecer por conta da doença até o momento. O outro óbito foi em Suzano, de um morador de 76 anos. Desde o dia 24 de março, 12 pessoas já morreram pela Covid-19 no Alto Tietê, região onde todos os municípios já apresentam pelo menos um caso confirmado do vírus.

A paciente mais velha de Mogi das Cruzes apresentava históricos de doença crônica. De acordo com as informações, a mulher era hipertensa e possuía problemas renais crônicos. Já a outra vítima, que é até o momento é a mais jovem a morrer com o vírus do Alto Tietê, não possuía nenhum tipo de histórico com doenças crônicas.

Com a morte do morador de 76 anos, em Suzano, confirmada na última quarta-feira, o município tem atualmente três óbitos registrados desde o dia 24 de março, quando um homem de 81 anos faleceu pelo coronavírus. Além dos dois homens, uma mulher de 72 anos faleceu no dia 29 de março.

Itaquá

A morte de um homem de 44 anos em Itaquaquecetuba pode estar relacionada ao coronavírus, porém, continua sem a confirmação por parte da Prefeitura. O município ainda não possuí nenhuma morte confirmada por conta do coronavírus, mas investiga atualmente 14 casos suspeitos.