Itaquá vai monitorar os comércios do município

A Prefeitura de Itaquaquecetuba irá utilizar 29 câmeras para monitorar comércios não essenciais que estejam funcionando contrariando as normas dos decretos de quarentena do governo do Estado e do município.

A medida visa reduzir a circulação de pessoas nas ruas e as aglomerações, além disso, a administração irá cobrar das agências bancárias medidas para que evitem ao máximo as filas atualmente existentes.

A Central de Monitoramento fica na Secretaria Municipal de Segurança, onde também funciona a Guarda Civil Municipal, e os agentes observam através das imagens captadas os comércios, o movimento da população e verificam os veículos que possam ser frutos de roubo ou furto.

As câmeras estão localizadas nas principais vias da cidade e já são utilizadas no combate a criminalidade, mas agora auxiliarão no combate ao Covid-19.

Já por parte do Legislativo, o presidente da Câmara de Itaquá, Edson Rodrigues (Podemos), o Edson da Paiol, convocou uma sessão extraordinária para ser realizada hoje, às 15 horas. A presença dos vereadores que estão no chamado "grupo de risco" da pandemia do coronavírus - pessoas acima de 60 anos ou com alguma doença crônica - não estão obrigados a comparecer. De acordo com o presidente, o trabalho do Parlamento não pode parar.

Para evitar aglomerações e possíveis contágios, a sessão será realizada sem a presença do público. Apenas os parlamentares e a imprensa, respeitando as orientações de prevenção, poderão acompanhar os trabalhos. No entanto, para manter a transparência dos serviços legislativos para a população, a assessoria da Câmara vai gravar o encontro e disponibilizar o vídeo, na íntegra, na internet.