Número de voluntários quadruplica em 20 dias

Desde que a quarentena foi oficialmente decretada no Estado de São Paulo, no último dia 24 de março, o número de voluntários que se cadastrou no programa Família Solidária quadruplicou perante a média mensal anterior, que era de cerca de 35 inscritos a cada 30 dias. Nos últimos 20 dias, foram mais de 150 pessoas que se cadastraram, para oferecer mão de obra voluntária, em prol daqueles que mais precisam.

Os voluntários são divididos por grupos e, especificamente atendendo demandas geradas pela pandemia do novo coronavírus, há um grupo de aproximadamente 50 voluntários, que vêm sendo sistematicamente convocados para as ações que se fazem necessárias.

Ao longo das últimas três semanas, esse grupo tem atuado em várias frentes, como montagem de kits de alimentos, distribuição desses kits para famílias em situação de vulnerabilidade, auxílio a idosos com compras em supermercados e farmácia, distribuição de flores como sinal de agradecimento aos profissionais da Saúde, preparo de bolos e também confecção de máscaras de proteção facial.

O programa Família Solidária foi criado em abril de 2018 e está prestes a completar dois anos. Pouco antes do início da quarentena, o número de voluntários cadastrados estava próximo dos 850. Agora, com esta nova situação, já são mais de mil pessoas que manifestaram, via inscrição, a vontade de ajudar ao próximo.

O cadastro fica aberto de forma permanente e é destinado a todos que tenham interesse de participar de forma voluntária de ações, ligadas ou não ao poder público.