Santa Maria de Suzano faz parceria com o Einstein

O Hospital Santa Maria de Suzano anunciou uma parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein também para a realização de testes rápidos para detectar o H1N1, uma doença causada pela mutação do vírus da gripe (Influenza A).

De acordo com a diretoria do Santa Maria, único hospital particular de Suzano, o novo acordo estabelece a divulgação do resultado em duas horas após a chegada das amostras - colhidas por profissionais treinados e atualizados - dos pacientes ao laboratório.

Ou seja, na prática, no máximo, em 24 horas já será possível saber se o paciente está com a chamada gripe suína visando o início do tratamento, tornando a instituição de saúde referência nesse assunto, a exemplo do que acontece em relação à Covid-19.

Os principais sintomas do H1N1 são febre alta, dor muscular, irritação nos olhos, tosse, coriza, cansaço, vômito e diarreia, sendo que a taxa de mortalidade é de 0,026% e a doença atinge (80% das vítimas) pessoas com menos de 65 anos.

Em relação ao coronavírus (Covid-19), que afeta principalmente doentes com mais de 80 anos e/ou com doenças crônicas, a taxa de mortalidade atinge 3,2%, tendo como sintomas febre, tosse, dificuldade de respirar, coriza, dor de garganta e diarreia.

As informações são do Serviço de Controle de infecção Hospitalar do Hospital Israelita Albert Einstein, Ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde e Centers for Disease Control and Prevention (CDC).