Região tem redução de 37% em mortes de trânsito

O número de mortes nas vias municipais e estaduais de Suzano, em decorrência de acidentes de trânsito, em março, diminuiu cerca de 71% neste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. Em março deste ano foram duas mortes, contra 7 no mesmo mês de 2019.

Já no Alto Tietê, a redução foi de 16 casos para 10, cerca de 37%, de acordo com o levantamento do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes (Infosiga) do Estado de São Paulo.

Um dos acidentes aconteceu um dia antes da quarentena anunciada pelo governador João Doria (PSDB) no dia 23. O outro caso aconteceu um dia depois da medida para combater o coronavírus (Covid-19). Os dois morreram atropelados em vias municipais, sendo um na rua Vitória Régia e outro na rua Renato Alpino Dela Lata.

Em Itaquá, o número de vítimas fatais aumentou de três para quatro, comparando os meses de março de 2019 e 2020, respectivamente. Entre os acidentes levantados estão um na Estrada de Santa Isabel, na avenida Erico Verissimo, na rua Igrapiúna, e outro na rua Líbero Badaró.

No município de Guararema, os acidentes contabilizados aconteceram na rodovia Henrique Eroles (SP-66) e na rodovia Presidente Dutra (BR-116), onde dois homens foram atropelados durante um cruzamento. O outro ocorreu na estrada Municipal Jorge Miski, com a colisão de um motociclista com um veículo.

Já em Arujá, o acidente também ocorreu na rodovia Presidente Dutra, onde um homem foi atropelado. Na cidade de Santa Isabel, um homem colidiu contra um veículo na rodovia Alberto Hinoto (SP-56).

Sem nenhuma morte registrada neste mês, Mogi das Cruzes apresentou redução de quase 80% nos casos.

*Texto supervisionado pelo editor.