Final de semana tem retomada das feiras livres

Ambulantes estão liberados, mas movimentos foi fraco
Ambulantes estão liberados, mas movimentos foi fraco - FOTO: Mariana Acioli
Os mogianos que tanto esperavam para aproveitar os serviços oferecidos pelas feiras livres de forma integral terão a oportunidade a partir de hoje. A venda de frutas, verduras e legumes já estava liberada, agora, no entanto, as outras lojas também poderão funcionar, mesmo que seguindo medidas de segurança e restrição por conta do isolamento social.

De acordo com o cronograma, das 7 horas às 12h30 de hoje, as feiras do Jardim Esperança (rua Francisco Assis), Jardim Maricá (rua Ezelino da Cunha), Shangai (Centro Cívico) e do Vila Nova Cintra (rua José Benedito) retomam as atividades normais.

Além das feiras, os varejões do bairro Jardim Ivete, na rua João Geanete e do bairro Oropó, na rua Manoel Lino, também estarão funcionando normalmente das 7 horas às 12h30. Já amanhã, as feiras com permissão para funcionar das 6 horas às 13h30 estão localizadas nos seguintes pontos: Braz Cubas (rua Gutherman), Jundiapeba (Pátio José Manoel da Nóbrega) e no Vila Nova Aparecida (avenida Nilo Marcato).

Ainda hoje, das 6 horas às 13h30 voltará a funcionar o varejão do Mogilar, na avenida Prefeito Carlos Ferreira Lopes. Já no horário das 7 horas às 12h30, o varejão de Taiaçupeba também retornará as atividades normais.

Ambulantes

Ontem, a Prefeitura autorizou a atuação de empreendedores de rua devidamente legalizados à execução das atividades da venda de alimentícios em geral. Apesar da liberação, a reportagem esteve nas principais ruas centrais no município, onde as vendas ambulantes ocorrem com frequência e não notou a retomada das atividades.

Os vendedores de rua deverão adotar as medidas de proteção determinadas pelas autoridades sanitárias. (T.M.)