catador ajuda população na pandemia

Pensando na vulnerabilidade social de muitas pessoas e no enfrentamento ao coronavírus por parte da população, o ferrazense Nelson Maximo da Silva, de 66 anos, criou um lavatório público, com água e sabão, para a higienização das mãos em frente a sua casa. O projeto solidário tem como objetivo ajudar principalmente as pessoas que vivem em situação de rua ou trabalham como catadores de reciclagem, como o próprio senhor Nelson Silva.

(Thamires Marcelino)