Pequim diz que surto está sob controle

Segundo o porta-voz do governo de Pequim, capital da China, Xu Hejian, o surto do coronavírus ligado ao mercado municipal de Xinfadi está "controlado". Desde o dia 11 de junho, o surto foi responsável por infectar 256 pessoas na cidade. Ontem, mais sete casos foram adicionados à contagem da capital chinesa.

Mesmo com o otimismo, Xu alertou que a cidade deve aprimorar seu sistema de testagem e torná-lo ainda mais amplo, de forma a englobar todos os grupos mais suscetíveis à contaminação, como é o caso de trabalhadores de serviços de delivery, por exemplo.

Na Índia, pela segunda vez nesta semana, foi registrado um novo recorde de casos de Covid-19 confirmados em apenas um dia, com mais 15.968 indianos infectados. O total no país é de 456.183, com 14.476 mortes. A Índia está atrás apenas de Brasil e Estados Unidos no ranking dos países que mais registram infectados diariamente no mundo todo. Mumbai e a capital Nova Delhi seguem como as cidades indianas mais afetadas pela pandemia.

Logo acima da Índia na classificação dos países com mais casos totais de Covid-19, a Rússia ultrapassou ontem a marca de 600 mil infectados. Com o acréscimo de mais 7.176 contaminações, o país chegou aos 606.881 casos de coronavírus. Segundo o governo russo, 154 pessoas morreram de Covid-19 no país nas últimas 24 horas. O total de óbitos causados pela doença no país é de 8.513.

O governo de Tóquio, capital do Japão, registrou ontem mais 55 infectados, a maior taxa desde que o primeiro-ministro Shinzo Abe decidiu suspender o estado de emergência em todo o país. Autoridades disseram que parte das contaminações reportadas foram identificadas em testes preventivos. Ao todo, o Japão soma 18.024 casos confirmados e 963 mortes provocadas por coronavírus. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários