Decotelli ganha sobrevida no MEC, mas Bolsonaro não garante nomeação

Após um dia intenso ontem, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu dar sobrevida a Carlos Alberto Decotelli no Ministério da Educação (MEC), apesar dos sucessivos questionamentos ao seu currículo e da posse, prevista para hoje, ter sido adiada. Pelas redes sociais, Bolsonaro não deixou claro se dará ou não posse a Decotelli e disse só ter recebido mensagens de "trabalho e honradez" sobre o indicado. Ao mesmo tempo, importantes assessores do governo continuam sondando nomes para substituir o economista. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários