Sesc vai assumir em definitivo o Centro Esportivo do Socorro

Piso das quadras poliesportivas passa por etapa de recuperação
Piso das quadras poliesportivas passa por etapa de recuperação - FOTO: Mariana Acioli
A entrega das chaves do Centro Esportivo do Socorro para a direção do Serviço Social do Comércio (Sesc) ocorrerá na próxima quinta-feira, às 15 horas. As últimas pendências para que o Sesc assumisse, de fato, as instalações eram a inauguração do Polo de Segurança, concluída no último sábado, e a saída da Polícia Ambiental, já confirmada até a próxima quinta-feira, restando apenas a definição do novo destino. Após a entrega das chaves, o Sesc fica responsável pela instalação da unidade provisória.

A associação iniciou a gerência do, ainda, Centro Esportivo do Socorro em 11 de março, quando o prefeito Marcus Melo (PSDB), junto da presença do presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), Abram Szajman, assinou o documento de transferência do terreno.

Segundo o secretário municipal de Cultura, Mateus Sartori, desde então, a conservação dos equipamentos e de toda a estrutura estão sendo de total responsabilidade do Sesc, ou seja, já não há mais esse vínculo com a Prefeitura.

O titular da Pasta municipal também explicou na época da assinatura do documento, que uma câmara técnica do Sesc realizava visitas semanais ao local onde será instalada a unidade, com o objetivo de planejar as futuras adequações necessárias.

O cronograma de instalação do Sesc já foi concluído. Após a retirada dos equipamentos e estruturas por parte da Prefeitura de Mogi, a entidade fará as adequações necessárias, depois será iniciado o processo de implantação da administração e, em seguida, as atividades da unidade provisória, já com alguns equipamentos do Sesc.

Todas as atividades que eram realizadas no Centro Esportivo do Socorro foram transferidas para outros locais, como o judô, que agora funciona no Pró-Hiper do Mogilar. A atividade de ginástica agora ocorre no Parque da Cidade, no bairro Parque Santana, assim como outras atividades que também funcionam no local.

Atrasos

A vinda do Sesc para Mogi das Cruzes já sofreu atrasados em relação ao plano traçado inicialmente, principalmente pela intervenção da Justiça. Isso porque, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP) suspendeu, por meio de uma medida liminar, a cessão da área do Centro Esportivo à entidade e obrigou a Prefeitura a refazer o projeto de lei, desta vez doando o espaço em definitivo ao Sesc.

Deixe uma resposta

Comentários