Mercadão quer atrair clientes com instalação de mezanino

Komatsu pede também caixas eletrônicos
Komatsu pede também caixas eletrônicos - FOTO: Arquivo pessoal
A instalação de um mezanino no piso superior do Mercado Municipal de Mogi das Cruzes, popularmente conhecido como Mercadão, deverá impulsionar as vendas dos comerciantes que possuem lojas nesta parte do centro de compras, além de gerar maior conforto aos clientes.

A opinião é da maioria dos lojistas do Mercadão, com a qual concorda e o secretário municipal de Agricultura, Renato Abdo. A obra faz parte de um conjunto de revitalizações previstas para a cidade, que inclui também a cobertura do pátio onde acontece a feira semanal no bairro Vila Nova Aparecida.

A comerciante Cleide Lino de Souza, que vende produtos de cama, mesa e banho, acredita que com a instalação do mezanino mais clientes passarão a ocupar a parte superior do Mercadão.

"É notório que a maior concentração de pessoas é na parte de baixo mesmo. Acredito que é uma boa forma de trazer os clientes para a parte de cima. Esta é uma revitalização que alguns lojistas solicitam há tempos", contou Cleide. Ainda de acordo com ela, se bem estruturado, o mezanino poderá levar beleza e conforto não só aos clientes como aos comerciantes também.

A mesma opinião tem o proprietário de uma barbearia no piso superior do Mercado Municipal, Cláudio Komatsu. "Com o mezanino é possível sim que nossas vendas sejam maiores, já que a maioria das pessoas ocupa a parte de baixo", disse. Em contraponto, o lojista relembrou que outra solicitação recorrente à Prefeitura é a existência de caixas eletrônicos, com o mesmo intuito de atrair clientes para o piso superior.

De acordo com as informações divulgadas pela administração municipal, para a reforma da parte superior será necessário um investimento de R$ 814,2 mil. Nesta semana foi aberta a licitação das obras. Elas integram o contrato feito entre a Prefeitura e o Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa), da Caixa Econômica Federal.

Para o secretário de Agricultura, Renato Abdo, muitos clientes fazem compras rápidas no Mercadão, como temperos e alimentações rápidas. "Por este motivo a parte superior acaba recebendo menos compradores. Com o mezanino, os clientes podem descansar na parte superior enquanto comem, por exemplo", explicou. Isso fará com que as lojas desta área fiquem mais visíveis, impulsionando o consumo nelas.

Abdo também adiantou que mais boxes serão abertos no piso superior. Além disso, o secretário pontuou que as obras, tanto do Mercadão quanto das feiras e do Mercado Produtor, estão sendo planejadas desde 2018.

*Texto supervisionado pelo editor.

Deixe uma resposta

Comentários