Parceria visa estimular conservação das matas

A programação do Junho Verde foi encerrada ontem com dois eventos realizados por teleconferência. Com a presença de representantes da Fundação Florestal, do Corpo de Bombeiros e do Instituto Ecofuturo, a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente promoveu o debate "Combate a Incêndios Florestais", que também contou com a presença de secretários municipais de municípios do Alto Tietê. Também ontem, a Prefeitura de Mogi das Cruzes e a Fundação Florestal assinaram um protocolo de intenções para estimular a conservação das matas, a educação ambiental e garantir o apoio técnico da entidade na revisão do Plano de Manejo do Parque Municipal Chiquinho Veríssimo.

O secretário municipal do Verde e Meio Ambiente de Mogi das Cruzes, Daniel Teixeira de Lima, comandou a teleconferência, que contou, entre outros, com a participação do gerente regional da Fundação Florestal, Josenei Gabriel Cará, do diretor superintendente do Instituto Ecofuturo, Paulo Groke, e do subcomandante do Corpo de Bombeiros de Mogi das Cruzes, Edson Lino.

O debate começou com o Sistema Estadual de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais - ou Operação Corta Fogo. Em seguida, foi assinado o protocolo de pretensões visando a formalização do Termo de Cooperação Técnica que vai estabelecer e determinar ações a serem realizadas nas Unidades de Conservação administradas pela Fundação Florestal, que são a Estação Ecológica de Itapeti, a Área de Proteção Ambiental da Várzea do Rio Tietê e a Área de Proteção Ambiental da Serra do Itapeti. O protocolo inclui ainda o Parque Chiquinho Veríssimo, os Parques Centenário e Leon Feffer, Ilha Marabá e a Escola Ambiental.