Tribuna

Processo I

A filha de uma moradora de Suzano está processando o vereador Lisandro Frederico (Avante) por ele ter afirmado que a mãe dela, de 61 anos, teria morrido por conta do coronavírus, quando, na verdade, ela faleceu em razão de infarto, segundo consta no atestado de óbito. A informação precipitada foi postada na página do vereador no Facebook.

Processo II

A mulher era integrante da Guarda Civil Municipal (GCM) e trabalhava na Central de Segurança Integrada (CSI). Na própria página do Facebook do vereador, a filha da ex-GCM desmentiu o parlamentar. O processo contra ele foi aberto na terça-feira retrasada, dia 16.

Pré-candidato

O ex-comandante do 17º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Mogi, o coronel Felício Kamiyama, oficializou a pré-candidatura ao cargo de vereador por Mogi pelo Partido Liberal (PL). Kamiyama esteve à frente da PM de Mogi entre 2016 e 2017 e depois assumiu a chefia do Estado Maior do Comando de Policiamento de Área Metropolitano 12 (CPA/M-12) até 2018.

Outros BPMs

Antes de ser o comandante do 17º BPM, Kamiyama ocupou cargos de comando dos outros dois BPMs do Alto Tietê - o 35º de Itaquaquecetuba e o 32º de Suzano, exercendo as patentes de major e capitão.

Pavimentação

O Jardim Planalto, bairro do distrito de Palmeiras, em Suzano, começou a ganhar nova pavimentação. Nove ruas e uma estrada vão receber a reforma.

Fogo em Ferraz

O terreno em Ferraz de Vasconcelos, que abrigava a antiga unidade da Escola Técnica (Etec), na Vila Jamile, divisa com a capital, tinha dois focos de incêndio na madrugada de ontem. O fogo não chegou a se alastrar, mas a fumaça incomodou os moradores do bairro e quem passava pelo local. Já durante a tarde, havia outros dois focos na rodovia Ayrton Senna (SP-70) nos limites de Mogi das Cruzes.