Recuperação no mercado de trabalho não será total

A presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) de São Francisco, Mary Daly, comentou alguns dos desafios enfrentados pelo mercado de trabalho dos Estados Unidos. Na avaliação dela, a recuperação no mercado de trabalho não deve ser total, neste momento.

A declaração foi dada durante evento virtual da National Association for Business Economics (Nabe), com a presença também do presidente do Fed de Richmond, Tom Barkin. Na avaliação de Daly, as pessoas devem manter cautela em relação a questões como a ida a restaurantes, diante do medo de se expor ao contágio pela Covid-19. "O mercado de trabalho não está nem perto de onde precisamos levá-lo em nosso mandato", comentou, referindo-se à missão do Fed de buscar máximo emprego com preços estáveis, com meta de 2% ao ano.

Ao ser questionada sobre o risco de inflação, Daly disse que o desafio agora será garantir que os preços se sustentem na meta. Sobre o quadro geral, ela comentou que há "muitas incertezas", por exemplo sobre quanto tempo levará para que se controle o vírus ou se haverá uma vacina disponível contra ele.

Sem direito a voto nas decisões de política monetária neste ano, Daly defendeu a estratégia do Fed na crise, com ações rápidas e "agressivas" para apoiar a economia na crise. O Fed está concentrado em avaliar se os programas em andamento estão funcionando como deveriam. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários