Exames de Covid de 13 ministros dão negativo

Ministro Paulo Guedes garantiu que governo federal vai avançar com as reformas
Ministro Paulo Guedes garantiu que governo federal vai avançar com as reformas - FOTO: Marcos Corrêa/PR/Agência Brasil
Os 13 ministros que realizaram exames de diagnóstico após contato com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), infectado pelo coronavírus, receberam resultados negativos. O presidente foi diagnosticado com a doença na terça-feira, mas relatou que já sentia sintomas desde domingo.

Segundo levantamento do Estadão, seis ministros fizeram apenas o teste rápido, que encontra anticorpos para o vírus em amostras de sangue. Foram eles: os ministros Paulo Guedes (Economia), Braga Netto (Casa Civil), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Marcelo Álvaro Antônio (Turismo), Wagner Rosário (CGU).

Guedes, que a exemplo do presidente faz parte do grupo de risco da doença - ele tem 70 anos - esteve com Bolsonaro ao menos sete vezes nos últimos 14 dias, período máximo de incubação do novo coronavírus até que o paciente comece a apresentar os sintomas. A mais recente foi na segunda-feira, numa reunião no Palácio do Planalto, quando o presidente já apresentava sinais da doença.

Outras autoridades fizeram o teste do tipo RT-PCR, tido como "padrão ouro". Receberam resultado negativo, por este exame, os ministros Fábio Faria (Comunicações), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral da Presidência), Fernando Azevedo (Defesa) e Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional). José Levi Mello (Advocacia-Geral da União) e André Mendonça (Justiça) receberam resultados negativos em testes rápidos e RT-PCR. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários