Unidade agiliza atendimento em Braz Cubas e Jundiapeba

Além do aumento da sensação de proteção, a presença do Polo de Segurança instalado recentemente no município, já diminuiu o tempo de resposta para ocorrências nos dois distritos mais populosos de Mogi das Cruzes: Jundiapeba e Braz Cubas.

A promessa da Prefeitura com a construção do equipamento era justamente a de intensificar e agilizar o atendimento em segurança pública nos distritos. Localizada na avenida Lourenço de Souza Franco, na antiga base da Polícia Rodoviária, a estrutura conta com base da Guarda Municipal, Centro de Formação e Treinamento, inclusive com local para a prática de tiro, e espaço para o canil da Guarda Municipal.

"Aos poucos, a gente já começa a sentir essa redução nos principais índices de criminalidade da região. Esse é um equipamento muito bem pensado por estar no distrito de Jundiapeba e atender Braz Cubas, que também é populoso e demanda a presença da guarda", afirmou a comandante da Guarda Municipal, Thais Nascimento. "Quem ganha são estes distritos que são grandes e têm diversas ocorrências diárias", completou.

Com a construção da Central de Inteligência da Guarda Municipal, na avenida Engenheiro Miguel Gemma, no bairro do Socorro, a cidade será divida em dois polos para atendimento de ocorrências por parte da Guarda Municipal. De um lado do município, o Polo de Segurança, já inaugurado e em funcionamento, para atender demandas dos distritos populosos; do outro lado de Mogi, a Central de Inteligência que, com 31% das obras concluídas e previsão de entrega em dezembro deste ano, receberá a Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp), Defesa Civil e outras estruturas da Secretaria de Segurança da cidade.

"Estrategicamente estamos bem posicionados. Essa era nossa intenção. Dividir a cidade em dois pontos e prestar atendimento rápido. O tempo de resposta para esta área do município diminuiu consideravelmente e assim também será com a Central de Inteligência", disse Thais.

Polo de Segurança

"Uma nova casa para uma nova guarda". Assim definiu o Polo Municipal de Segurança a comandante Thais, se referindo ao benefício que o equipamento acrescentou aos trabalhos da Guarda Municipal. "Aqui a gente tem mais espaço para trabalhar e nos organizar. Ter diversos serviços no mesmo espaço é fundamental para a efetividade das ações", concluiu.

ROMU DEVE SER INSTALADO EM BREVE

Considerada como a tropa de elite da Guarda Municipal, as Rondas Ostensivas Municipais (Romu) de Mogi das Cruzes estarão em breve atuando no município, no apoio às viaturas em diversas ocorrências, atendendo locais com grande concentração de pessoas, como eventos públicos, invasão de áreas e operações integradas.

No próximo dia 15 ocorre a licitação para a aquisição de viaturas modelo SUV para o Romu de Mogi das Cruzes. O treinamento destes profissionais já ocorrem desde o ano passado.

“Vai ser um ganho muito grande para nós. Teremos um grupo especializado em multidões que pode auxiliar em muitos trabalhos difíceis no nosso município”, afirmou a comandante da Guarda Municipal, Thais Nascimento.

Questionada pela reportagem, a comandante afirmou que o incidente ocorrido com a torcida do São Paulo, em 2016, quando, no intervalo de uma partida, torcedores entraram em confronto com policiais e guardas municipais, no Estádio Municipal Francisco Ribeiro Nogueira, teria sido evitado com a atuação da Romu no evento. “É justamente nessas situações que o Romu atua. Se tivéssemos o Romu, provavelmente esse episódio seria evitado”, avaliou Thais.

Deixe uma resposta

Comentários