Rio Jundiaí aguarda por limpeza há mais de 10 anos

A última vez que o rio Jundiaí passou por um desassoreamento completo foi no segundo semestre de 2009. Após mais de dez anos, o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) tem agendado para o próximo dia 28, às 14 horas, um pregão para contratar empresa especializada para realizar novamente o trabalho. A notícia foi antecipada pelo Mogi News há duas semanas e confirmada na semana passada pelo órgão.

O trabalho de desassoreamento faz parte do planejamento de ações da Prefeitura de Mogi das Cruzes no combate às enchentes, que ocorrem durante as chuvas de verão. Todo o distrito de Jundiapeba, incluindo principalmente a região do Jardim Aeroporto, Oropó e Santos Dumont, será beneficiada com a limpeza, que garantirá um aumento da vazão do rio - que, por sua vez, deságua no Tietê.

Em 2009, foram investidos R$ 2,5 milhões no trabalho - que incluiu o desassoreamento de um trecho de 8,4 quilômetros, o que significou a retirada de mais de 62 mil metros cúbicos de material. Com isso, houve uma melhora sensível no escoamento da água, o que contribuiu para minimizar os efeitos da chuva nos bairros localizados à margem do rio.

Já no primeiro semestre de 2011, foi feita uma limpeza superficial do rio, também por meio de uma parceria entre a Prefeitura e o DAEE. Na prática, a limpeza consistiu na retirada do material acumulado na superfície, como garrafas plásticas, além de mato e terra.

Na ocasião, uma máquina escavadeira hidráulica nova foi cedida pelo DAEE para o trabalho. O equipamento chegou a Mogi no final de fevereiro e foi posicionado no trecho do rio localizado perto da rodovia SP-66, na altura da rotatória de Jundiapeba.

Deixe uma resposta

Comentários