Horário estendido é comemorado por representantes do comércio

Com o avanço da cidade para a fase amarela da retomada econômica, as entidades que representam o comércio em Suzano comemoraram a oficialização do maior horário de funcionamento para o comércio varejista e a liberação do retorno de outras atividades até então proibidas de funcionar. A decisão do Estado autoriza, a partir da próxima segunda-feira, o funcionamento do comércio e serviços seis horas por dia, além de estender a liberação também para bares, restaurantes, salões de beleza, clínicas de estética e academias.

Para o gerente comercial da Associação Comercial (ACE) de Suzano, Alvani Correa, a "mais que esperada" decisão do Estado é de fundamental importância e reflete diretamente na economia municipal. "Os comércios estavam com restrição de horário e, com essa oficialização, vai ser bem melhor, vamos trabalhar na segurança", iniciou o representante do comércio municipal. "Para abrirmos mais setores com segurança depende muito da consciência de cada empresário e dos clientes. Existe um procedimento que precisa ser seguido. Se todos seguirem as regras não teremos tantos riscos", concluiu Correa.

Conforme acordos firmados ao longo desta semana, a partir de segunda-feira o comércio de rua da cidade passará a funcionar das 10 às 16 horas, o shopping das 12 às 18 horas e os escritórios das 9 às 15 horas.

Sobre o horário estendido, o sentimento dos representantes do Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) de Mogi das Cruzes e região é de que os problemas relatados recentemente sobre grandes filas em Mogi serão significativamente reduzidos, ou até extintos. "Todas as pesquisas evidenciam que a redução do horário de seis horas para quatro horas foi prejudicial aos lojistas, funcionário e clientes. A volta das seis horas representa menos fila com atendimento melhor e mais seguro, que é o que queremos", completou Martinez.