Aumenta o atendimento psicológico às mulheres

A Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres de Itaquaquecetuba tem como objetivo dar visibilidade amparo e suporte para mulheres vítimas de violência doméstica, no sentido de encaminhá-las aos órgãos competentes, bem como fazer o acompanhamento dos diversos casos. Mas, devido a pandemia de coronavírus (Covid-19) diversos atendimentos foram interrompidos e o isolamento social provocou mudanças de hábitos e amento na procura por ajuda no município.

A Pasta tem parceria com a Secretaria de Segurança Urbana que, por meio da Ronda Maria da Penha, realiza diversos cumprimentos de medidas protetivas, que visam o afastamento de agressores do lar das mulheres vitimadas em diversos bairros da cidade.

Segundo o levantamento realizado pela secretaria, que compreende o primeiro semestre deste ano com o ano passado, houve aumento do atendimento social, enquanto que o atendimento psicológico triplicou a quantidade de casos. Os serviços de denúncia e informações on-line também tiveram aumento significativo (passando de dez para 26 casos). A emissão de medidas protetivas também registrou incremento de 18 para 24 casos.

A Secretaria recentemente aderiu a campanha "Sinal Vermelho" do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) para incentivar as mulheres a buscar ajuda por meio de um x feito em vermelho em uma das mãos para que os profissionais de drogarias e farmácias acionem a polícia.