Atividade de professora ganha prêmio nacional

Com o projeto "Extra, extra, extra: tá na hora de brincar!", a professora Raelen Brandino Gonçalves, da EM Profª Therezinha Soares, na Vila Brasileira, conquistou o 1º lugar na categoria Educação Infantil do Prêmio Professor Transformador, uma iniciativa da Base2edu, da Bett Educar e do Instituto Significare.

O projeto também foi vencedor do Prêmio Mogi: Educador por Excelência 2019, realizado pela Secretaria Municipal de Educação.

A conquista na premiação mogiana incentivou a professora a inscrever o projeto na competição nacional. O prêmio nacional recebeu mais de 1200 projetos de todo o país, que passaram por diversas etapas de seleção ao longo de um ano.

O projeto vencedor foi desenvolvido com alunos do Infantil III e trata-se da elaboração de um jornal para comunicar as famílias sobre o que acontecia nas rodas de conversa da escola. Na reta final, Raelen concorreu com um projeto do Rio Grande do Sul e outro de Santa Catarina. "Conheci outros projetos que trouxeram novas perspectivas para o meu trabalho. Vejo como a teoria e a prática caminham juntas e como isso reflete no meu trabalho", avaliou a professora, que atualmente está fazendo doutorado sobre educação inclusiva.

A premiação foi de
R$ 7 mil e uma viagem para participar da Bett Educar 2021, em Londres, na Inglaterra.

A premiação mogiana visa valorizar as experiências pedagógicas e práticas inovadoras na rede municipal. "Este é o segundo projeto que foi reconhecido nacionalmente, incentivado pela premiação que iniciamos em 2017. Parabéns aos nossos professores", disse a secretária de Educação, Juliana Guedes.

No ano passado, a professora Joyce Aparecida Camargo de Oliveira, da EM Coronel Almeida, ficou entre os 50 finalistas do Prêmio Educador Nota 10.