Projeto para reformar as estações está quase pronto

Os projetos de reformas das estações de trem Engenheiro Manoel Feio, Aracaré e Itaquaquecetuba, na Linha 12-Safira, estão em fase final de elaboração, segundo explicou durante a semana a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), quando também adiantou que, após a conclusão dos projetos, o processo de licitação das obras terá início. Somente após os resultados das licitações, os prazos para a execução e entrega das reformas serão estipulados pela empresa vencedora da licitação.

Além das estações de Itaquá, a CPTM informou que recebeu as propostas de concessão, construção de reforma das estações em Mogi das Cruzes, na Linha 11-Coral (leia mais página 5).

A Estação Engenheiro Manoel Feio terá intervenções de adequação de acessibilidade com a implantação de uma nova passarela interna, elevadores e adequação também das áreas operacionais e de sistemas. Já a Estação Aracaré, será reconstruída e passará a contar com itens de acessibilidade, como elevadores na plataforma e nos acessos, sanitários acessíveis e outras melhorias nas áreas operacionais.

As informações da CPTM pontuaram que nas duas estações também serão construídos bicicletários para os usuários. No que se refere à Estação Itaquaquecetuba, o projeto será desenvolvido internamente pela CPTM para a posterior contratação das obras, sem a colaboração da empresa Sistran, como é feito às outras estações.

A companhia relembrou ainda que sempre que necessário ou requisitado, seus funcionários estão habilitados e orientados a auxiliar as pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida durante o deslocamento nas estações. As primeiras reuniões para discutir o cronograma das obras foram feitas em agosto do ano retrasado.

A vereadora Adriana Aparecida Felix (PSDB), a Adriana do Hospital, é uma das representantes do município que está a frente das solicitações das reformas. No dia 24 de junho, ela esteve em uma reunião com o secretário de Estado de Transportes Metropolitanos e solicitou que o início das obras seja efetuado até o próximo ano. "É uma bandeira que vou levantar até às obras estarem prontas. Não me conformo, todas as estações foram reformadas, menos as nossas", argumentou a vereadora em entrevista ao Dat.