Reabertura das áreas de lazer atrai bom público nos primeiros dias

Usuário terá mais tempo para aproveitar áreas verdes
Usuário terá mais tempo para aproveitar áreas verdes - FOTO: Mariana Acioli
Os parques municipais de Mogi das Cruzes voltaram a receber frequentadores na última segunda-feira, depois de serem fechados no dia 21 de março em razão da pandemia do coronavírus.

Na manhã de ontem, em visita ao Parque Centenário da Imigração Japonesa, a equipe de reportagem do Grupo Mogi News observou muitas pessoas presentes no local, para realizar atividades físicas ou simplesmente para o lazer com a família.

O movimento de frequentadores foi registrado em todo o período de funcionamento. Como forma de prevenir aglomerações e manuseio de objetos em comum, foram colocadas fitas zebradas bloqueando o uso de espaços de convivência e equipamentos de prática esportiva.

Durante a quarentena, desde o fechamento do parque, a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente aproveitou a ausência de público para intensificar serviços de manutenção rotineiros que já eram realizados por equipes da secretaria em todos os espaços de lazer. Os trabalhos rotineiros incluem o corte de mato, reparos de alvenaria, reparos nos banheiros, pintura e troca de equipamentos que precisavam de substituição, como torneiras.

Especificamente no Parque Centenário foram continuados, mesmo durante a quarentena, a manutenção dos lagos e os cuidados com os gansos que habitam o espaço. Também foram feitos reparos nas placas de orientação, limpeza das pistas de caminhada e poda nas plantas do Jardim Sensorial. O trabalho foi importante para deixar os parques prontos para receber o público.

Logo no primeiro dia, o Parque Centenário, um dos mais populares da cidade, recebeu quase 400 pessoas. Já o Leon Feffer teve procura bem menor, cerca de 50 visitas na reabertura.

Pensando em atrair mais frequentadores para os parques menos populares da região, a Prefeitura tem planejado investimentos nos locais. No caso do Leon Feffer, a área de lazer receberá um Centro de Convenções destinado a eventos culturais, como shows, peças de teatro e exposições, além de abrigar cursos, seminários e outras atividades culturais.

*Texto supervisionado pelo editor.

Deixe uma resposta

Comentários