Em Suzano, infrações no trânsito têm queda de 16%

As multas de trânsito aplicadas no município de Suzano diminuíram em 16% no período de março a maio do ano passado para o mesmo período deste ano. O total de infrações caiu de 26.299 para 21.991 de um ano para o outro. A Secretaria Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana de Suzano explicou que uma série de fatores levou à queda da quantidade de notificações.

Enquanto a pandemia do coronavírus reduziu o fluxo de veículos particulares, bem como de ônibus e transporte complementar, a própria conscientização da população levou o público a ter um ritmo mais tranquilo na condução de veículos.

Em Mogi das Cruzes, a queda foi de 30%, considerando que o número reduziu de 36.485 para 24.421. O motivo, segundo a Secretaria Municipal de Transportes, tem relação com a queda do número de veículos nas ruas devido às restrições sociais para o combate da pandemia do novo coronavírus. Durante este período, a quantidade de automóveis em circulação foi reduzida sensivelmente em todas as regiões da cidade, incluindo as vias que possuem fiscalização eletrônica de velocidade.

"Paralelamente, outros fatores também podem ter contribuído, como a suspensão temporária dos serviços de estacionamento controlado (popularmente conhecido como Zona Azul) que impactou nos índices de autuações neste enquadramento", acrescentou a Pasta de Transportes.

A restrição do funcionamento do comércio também fez com que a movimentação de veículos na região central diminuísse, o que influenciou na queda do número de autuações na região.

Em Ferraz de Vasconcelos, porém, o cenário foi diferente. As multas no trânsito da cidade aumentaram 20%, passando de 19.632 para 23.715. O período de comparação utilizado também foi de março a maio de 2019 e os mesmos meses deste ano. Até o fechamento desta edição, a Prefeitura não havia explicado o motivo do acréscimo.

Deixe uma resposta

Comentários