Botoeiras sonoras facilitam a travessia para pedestres

Equipamento indica tempo restante para travessia
Equipamento indica tempo restante para travessia - FOTO: Divulgação/PMMC
A Secretaria Municipal de Transportes está implantando novas botoeiras sonoras em 11 pontos de grande movimentação em Mogi das Cruzes. Os locais foram definidos após estudos técnicos e a participação do Conselho Municipal para Assuntos da Pessoa com Deficiência (CMAPD).

O trabalho faz parte dos investimentos da Prefeitura para a melhoria da mobilidade urbana e da acessibilidade no município. Os equipamentos instalados emitem sinais sonoros que alertam para o momento em que a travessia é permitida e quando o tempo permitido está se encerrando. O serviço é importante, principalmente, para as pessoas com deficiência visual.

As discussões sobre os locais beneficiados aconteceram com as participações do secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida, da equipe técnica da Secretaria, do presidente do CMAPD, Ricardo Pedroso, e da coordenadora da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Valeriana Alves.

Já receberam as botoeiras dois pontos da avenida Manuel de Oliveira, em frente ao Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo e do Pró-Mulher; a avenida Anchieta, em frente à estação Braz Cubas da CPTM; a avenida Francisco Ferreira Lopes, na região central de Braz Cubas; a rua Professor Álvaro Pavan, em frente à estação Estudantes da CPTM; a avenida Vereador Narciso Yague Guimarães, em frente ao prédio da Prefeitura; a avenida Lourenço de Souza Franco, na Vila Nova Jundiapeba; a avenida Cândido Xavier de Almeida e Souza, em frente ao Terminal Estudantes, e a rua Doutor Deodato Wertheimer, próximo à sede mogiana da Apae.

Deixe uma resposta

Comentários